4 motivos para investir nas áreas de convivência corporativas | DABUS ARQUITETURA

Blog DABUS ARQUITETURA

4 motivos para investir nas áreas de convivência

A área de Recursos Humanos há muito tempo tem apresentado pesquisas para comprovar a importância da motivação sobre a produtividade. Mais recentemente, estudos têm apontado o quanto a qualidade do ambiente de trabalho (sua estrutura física) é capaz de impactar o rendimento e a satisfação das equipes. Seguindo o exemplo de grandes companhias, como Google e Facebook, um investimento importante na Arquitetura Corporativa diz respeito às áreas de convivência.

A proposta é criar um ambiente que funcione como uma válvula de escape. Um local para relaxar, renovar as energias, interagir com colegas de trabalho, tomar um cafezinho ou fazer um lanche rápido. Também é um excelente local para a realização de reuniões informais.

Não transforme o espaço em uma sala comum

Investir nas áreas de convivência

Imagem meramente ilustrativa | WeWork Tower 535 | Fonte: ArchDaily.

Mesas de reunião, projetores, cadeiras e mobiliário próprios de escritório devem ficar reservados para os demais ambientes. É importante que as áreas de convivência tenham uma composição diferenciada que, claro, dialogue com a identidade do negócio, mas que proporcione uma experiência mais descontraída e espontânea – nem por isso menos engajada com a missão definida!

Puffs, cafeteira, TV, video game, frigobar, tapetes, almofadas, mesa de bilhar e muitos outros elementos podem fazer parte desse cenário.

Quais os benefícios das áreas de convivência?

Confira a seguir 4 motivos para investir nelas!

1. Integração

A equipe fica mais próxima e membros de departamentos diferentes podem se encontrar, trocar ideias e criar novas soluções juntos. É essencial que o time esteja em sintonia. Isso faz toda a diferença nos resultados.

2. Produtividade

Diversas empresas já realizaram testes e comprovaram que oferecer um espaço para intervalos esporádicos melhora o ânimo para a realização das tarefas do dia a dia.

3. Fortalecimento da cultura organizacional

A interação entre o pessoal, direcionada pelos valores do negócio, ajuda a valorizar a cultura organizacional, criando maior envolvimento com a causa da empresa e com seu jeito de atuar.

4. Motivação

A soma de todos esses fatores aumenta a sensação de “pertencimento” do colaborador. Ao notar a preocupação da empresa em melhorar as condições oferecidas, o engajamento aumenta e o comprometimento com os resultados também. É claro que outros fatores influenciam, mas uma área agradável para relaxar é uma condição que ajuda a reter talentos.

Não pense que uma empresa precisa ser grande para ter um espaço assim. Inclusive, quanto menor for a quantidade de colaboradores, mais fácil será criar uma área que se relacione com seus interesses e necessidades. Apenas atente-se ao fato de que as áreas de convivência precisam transmitir conforto. Por isso, evite salas apertadas, com pouca ventilação ou expostas a barulhos.

Dicas de ambientação

Funcionalidade e criatividade devem andar juntas na ambientação das áreas de convivência. Como citamos anteriormente, a mobília é um ponto importante. Afinal, você conseguiria relaxar em um local idêntico àquele no qual desenvolve suas atividades de rotina?

Ainda sobre conforto e aconchego, permitir uma iluminação natural e adicionar plantas são dicas para tornar a proposta ainda mais atrativa. Pesquise quais plantas são mais viáveis de acordo com a incidência de luz e temperatura. Por que não incentivar o próprio time a cuidar delas, inclusive?

E por último, mas não menos importante: deixe que os colaboradores descubram o espaço de forma natural. Sem regras muito rígidas ou restritivas. Combine o que for preciso, mas não faça da ocasião mais um processo repleto de protocolos.

Como o objetivo é justamente melhorar o nível de interatividade, por que não reservar um percentual do orçamento e pedir para os colaboradores indicarem o que desejam nessa área?

Pense nisso e conte com a DABUS ARQUITETURA para desenvolver o seu projeto de Arquitetura CorporativaEntre em contato conosco e saiba mais!

Referências: Diário do Comércio, O Tempo.

Compartilhe este post



Comentários (0)

Deixe o seu comentário!




Áreas de Atuação