Sinais de que está na hora de reformar o escritório | DABUS ARQUITETURA

Blog DABUS ARQUITETURA

Sinais de que é hora de reformar o escritório

Investimento financeiro e suspensão temporária de tarefas são alguns dos motivos que levam muitas empresas a não reformar o escritório, ou a adiar ao máximo as intervenções.

Porém, mudar o ambiente pode ajudar em diferentes aspectos. Além disso, nem sempre é necessário um longo período para realizar a obra e, com um bom planejamento, é possível conduzir o trabalho de modo que o rendimento não seja prejudicado.

Cuidar do espaço físico do seu negócio é avançar em seu desenvolvimento, garantindo sua atualização no tempo e no mercado.

Como saber se está na hora de reformar o escritório?

Para saber se está na hora de reformar o escritório, observe sinais como:

  • Desmotivação da equipe;
  • Ajustes frequentes nas instalações elétricas;
  • Espaço apertado;
  • Inflexibilidade para mudanças;
  • Desorganização;
  • Revestimentos danificados;
  • Aparência defasada;
  • Aumento de gastos;
  • Trincas e rachaduras;
  • Vazamentos;
  • Ruídos e barulhos que atrapalham a produção.

Antes que fique pior e acabe por prejudicar o rendimento da sua equipe, reforme!

Como reformar o escritório?

Para reformar o escritório sem passar pelo quebra-quebra, atrapalhar os colaboradores e a produtividade do serviço, atente-se a estas dicas:

1. Identifique o tipo de reforma necessária

Observe o ambiente e fique atento aos detalhes para perceber qual o tipo de reforma é preciso realizar. Isso irá facilitar bastante o planejamento da obra que será executada. Aproveite e peça a opinião dos colaboradores, pois eles podem apontar com maior precisão o que realmente precisa ser mudado.

2. Invista em soluções flexíveis

A reforma não é algo definitivo, principalmente em se tratando de uma empresa que está sempre passando por mudanças. Portanto, ao reformar o escritório, considere um ambiente adaptável, com divisórias móveis, piso elevado, tubulações aparentes e móveis que poderão ser reorganizados facilmente.

3. Altere as cores

A mudança das cores é algo eficiente quando se trata de reformas, já que modifica a impressão que se tem de um espaço. Mas antes de iniciar a pintura, procure pelas combinações que mais combinam com a sua marca.

4. Escolha materiais que evitam o “quebra-quebra”

Investir em determinados revestimentos pode contribuir para renovar o ambiente de trabalho sem quebra-quebra. Entre eles, rodapé de poliestireno, piso vinílico clicado e forro modular de fibra mineral, acústico. Para divisão de ambientes, utilizar divisórias industriais ou removíveis, deixam o espaço agradável e melhoram a performance acústica.

5. Opte pelo open space

O layout open space se destaca por ser muito versátil e poupar aplicações que podem encarecer o projeto. Como descarta a construção de paredes estruturais, esse modelo torna a obra rápida, econômica.

6. Atenção aos detalhes

Rampas e outras adequações de acessibilidade, caimento dos pisos, rejuntes, batentes e calhas são questões que não podem passar em branco em uma reforma corporativa. Por isso, elabore bem o projeto para que não fique faltando nada em sua empresa.

Quer saber como a DABUS ARQUITETURA pode te ajudar na elaboração do projeto ? Entre em contato conosco!

Referências: Chatuba, RC Pisos, Cellus, Jumaq.

Compartilhe este post



Comentários (0)

Deixe o seu comentário!




Áreas de Atuação