Geração Z no mercado de trabalho: Como atrair esses colaboradores? | DABUS ARQUITETURA

Blog DABUS ARQUITETURA

Geração Z no mercado de trabalho: Como atrair esses novos colaboradores?

Jovens, ágeis e cheios de ideias. Os membros da Geração Z no mercado de trabalho são conhecidos pela habilidade com recursos tecnológicos e também pela mudança nas relações profissionais.

Eles já estão aí assumindo seus primeiros empregos e até subindo de cargo na frente de muitos veteranos. Vale lembrar que a Geração X compreende aqueles nascidos entre 1960 e o começo de 1980. Já a Geração Y abrange aqueles que nasceram nos anos 80, até meados da década de 90. A “Z”, por sua vez, engloba as pessoas nascidas a partir de meados de 1990 a 2010.

Esses jovens trabalhadores, de acordo com dados da Trend|247, desejam ter flexibilidade e se sentem infelizes quando seu emprego não atende suas expectativas. Ou seja, apesar das diversas potencialidades trazidas por essa nova geração, há desafios aos quais as empresas precisam se adaptar. Afinal, esse pessoal que está chegando é o futuro dos negócios.

Características da Geração Z

Geração Z no mercado de trabalho

É essencial compreender as características daqueles que estão, a cada dia, ocupando mais lugares no escritório. Assim, é possível se preparar para atraí-los, recebê-los e reter talentos.

Atente-se a traços como:

  • Versatilidade: Nascidos em um mundo já bastante dinâmico e informacional, os “jovens Zs” apresentam facilidade para aprender e lidar com diferentes situações ao mesmo tempo. Tendem a desenvolver variadas habilidades, o que os torna multidirecionais e flexíveis;
  • Criatividade: Como recebem muita informação, estão sempre em busca de algo novo, aprimorando seu poder criativo;
  • Agilidade: Imersos em uma realidade de mensagens instantâneas e outras interações em tempo real, eles possuem o pensamento rápido, assim como atitudes que não demoram para serem tomadas;
  • Ousadia: Costumam aceitar melhor os desafios e abraçar causas em que acreditam, nem que, para isso, precisem abrir mão de algo já conquistado;
  • Inquietação: Como são rápidos, criativos e ousados, esses novos colaboradores podem demonstrar alguma dificuldade com tarefas mais detalhistas, pessoas mais velhas e falta de incentivos (constantes).

Confira a seguir o que sua empresa pode fazer ante a esse cenário, que impacta sua forma de trabalhar.

Como atrair a Geração Z no mercado de trabalho?

Os antigos modelos de negócios precisam urgentemente de inovações, e isso engloba as ações com relação à Geração Z no mercado de trabalho. Não é mais possível oferecer vagas que não acompanham a rápida evolução cultural. Não é mais possível convencer colaboradores pelo rígido discurso das organizações hierárquicas. Não é mais possível ignorar a qualidade de vida dos funcionários.

Há múltiplos parâmetros que precisam ser revistos dentro dos espaços corporativos. A facilidade para se trabalhar em alguns horários e lugares alternativos, por exemplo. Nem todas as empresas consideram tais possibilidades. No entanto, a promissora leva de novos talentos espera encontrar companhias adaptadas a tarefas remotas. Claro, devidamente apoiadas pelos recursos tecnológicos.

Eles valorizam a flexibilidade e respeitam lideranças altamente capacitadas, mas que sejam capazes de gerenciar bem formatos diferenciados de equipes e de projetos. Portanto, diretores e gestores da sua empresa devem se renovar e encontrar soluções para além das paredes do escritório. A adoção de ferramentas em nuvem ou mesmo a formação de times temporários são caminhos válidos.

Para atrair a Geração Z no mercado de trabalho também é interessante estabelecer metas com prazos menores entre um degrau e outro. Dessa forma, é possível que a movimentação na empresa seja mais rápida e, assim, gere a percepção de crescimento.

Outra questão que não pode ser ignorada diz respeito ao ambiente de atuação. Os jovens devem perceber um lugar aberto a novas ideias e configurações espaciais, conforme seu perfil criativo e inquieto. Nesse sentido, layouts open space podem ser uma boa saída, já que propiciam mudanças com praticidade e agilidade.

Muitas outras aplicações ajudam a atualizar a Arquitetura Corporativa e a dialogar com as novas gerações. Para saber mais sobre esse assunto, entre em contato com a DABUS ARQUITETURA e entenda como a nossa equipe pode te ajudar.

Gostou do post? Deixe seu comentário!

Referências: Blog Especialização FDC, Exame, Conarec 2018, Revista Melhor.

Compartilhe este post



Comentários (0)

Deixe o seu comentário!




Áreas de Atuação