Impactos e benefícios da ergonomia no ambiente de trabalho | DABUS ARQUITETURA

Blog DABUS ARQUITETURA

Impactos e benefícios da ergonomia no ambiente de trabalho

Equipes felizes produzem melhor, são mais criativas e mais rentáveis. Parece um sonho ter um time desses, mas é uma possibilidade real que pode ser buscada pelo seu negócio. Que tal começar com algumas melhorias nas condições de trabalho? Sim, esse é um ponto de partida abrangente mas que, conforme você verá hoje, tem tudo a ver com os benefícios da ergonomia.

Quando falamos sobre ela, o mindset imediato tem sempre a ver com postura correta. De fato, isso não está errado. Porém, há muitas outras dimensões envolvidas, as quais podem ter um tremendo impacto sobre sua empresa. Pode acreditar!

Neste post você entenderá melhor qual a abrangência do conceito de ergonomia, quais são os seus tipos e as vantagens que oferece, quando bem trabalhada dentro de um escritório.

Mas, antes, é importante lembrar que ela não é um mero detalhe para as organizações. Existem normas a seu respeito que devem, necessariamente, ser contempladas. Entenda a seguir…

Ergonomia, saúde e segurança

Benefícios da ergonomia

O Ministério do Trabalho e Previdência Social estabelece as regras sobre a ergonomia no ambiente de trabalho. A NR17 é uma Norma Regulamentadora engloba uma série de exigências que visam garantir o máximo de conforto, segurança e desempenho eficiente para os colaboradores. Contempla os aspectos ergonômicos de acordo com 3 pilares: biomecânico, organizacional e psicossocial.

Já pensou sobre todos eles? Então, é importante conhecer para poder tomar as medidas certas. Neste momento, vale observar como o conceito pode ser mais profuso do que você imaginava. Veja abaixo!

Abrangência do conceito

Em primeiro lugar, é essencial ter em mente que a ergonomia é uma ciência. Seu objetivo é estudar e criar soluções à relação do homem com seu trabalho, ou melhor, com a sua ocupação – seja ela ou não profissional.

Dessa forma, desdobra-se sobre variadas disciplinas, tais como: fisiologia, anatomia, engenharia,  biomecânica e, até mesmo, psicologia. Portanto, a ergonomia preocupa-se não somente com as condições que impactam sobre a dimensão física, como também leva em conta os prismas psicológicos e emocionais.

Talvez aí no seu escritório a altura dos computadores esteja adequada para cada funcionário. No entanto, os fluxos e processos de tarefas estão adequados às horas de trabalho, ou estão causando ansiedade e estresse por estarem mal dimensionados?

A ciência aqui abordada também preza por uma rotina saudável, capaz de contribuir para uma boa qualidade de vida.

Tipos de ergonomia

Para uma visão ainda melhor sobre o assunto, vejamos a seguir quais são os 3 tipos de ergonomia normalmente estudados:

  • Biomecânica: Contempla as condições relacionadas ao esforço físico necessário para realizar uma atividade. Preocupa-se com questões como postura, distâncias percorridas, movimentos repetitivos e trabalhos manuais.

 

  • Organizacional: Ocupa-se dos processos produtivos, dos equipamentos e materiais utilizados, do ritmo de trabalho, das pausas, da qualificação dos funcionários para exercer suas funções, entre outros fatores do gênero.

 

  • Psicossocial: Analisa, evita e soluciona problemas como cargas inadequadas de produção, fadiga, estresse e transtornos mentais. Engloba, inclusive, situações que envolvam assédio moral.

Na sequência, elencamos os 4 principais benefícios da ergonomia. Confira e entenda melhor porque investir nela!

Os benefícios da ergonomia

Assegurando e otimizando as condições adequadas de ocupação, sua empresa pode ganhar muito mais do que pensa. Não se trata de um custo desnecessário, mas de um investimento que trará maior produtividade, satisfação e qualidade.

1. Saúde

Como já falamos, a ergonomia desempenha um papel crucial sobre a saúde dos colabores. Ela evita, ou soluciona, casos como dores nas costas, cansaço visual, desgastes motores, fadiga, sobrecargas emocionais, estresse e bornout.

Sem mente e corpo sãos, nada de trabalho bem realizado.

2. Economia

Condições adequadas dentro do escritório minimizam os ricos de acidentes laborais, afastamento e substituição de funcionários, gastos maiores com planos de saúde e despesas com possíveis indenizações. Naturalmente, tudo isso preza pela economia do negócio, que passa ficar mais estável e seguro.

3. Produtividade

Já falamos sobre isso, mas é bom destacar: colaboradores saudáveis e felizes produzem mais e melhor. Embora não haja nenhuma novidade aí, nem sempre há o investimento necessário para proporcionar tal cenário. A ergonomia é uma ferramenta indispensável para se atingir resultados superiores, sem comprometer o bem-estar e a qualidade de vida.

4. Engajamento

Uma companhia que se esforça para melhorar a experiência do seu time – não só dos clientes – colhe, dele, lealdade e satisfação. Dessa forma, aumenta-se o poder da retenção de talentos e o amor pela marca (que também precisa ser construído “dentro de casa”). 

Conte com um projeto de Arquitetura Corporativa devidamente alinhado aos benefícios da ergonomia. Entre em contato com a DABUS ARQUITETURA e saiba como podemos te ajudar.

Compartilhe este post



Comentários (0)

Deixe o seu comentário!




Áreas de Atuação