Como ter um escritório ágil? Saiba como a Arquitetura pode ajudar!


Escritório ágil
Projeto da DABUS ARQUITETURA para a Ingresso Rápido.

A velocidade da informação somada à dinâmica dos mercados e à visão descomplicada de novos negócios floresceram, nos últimos anos, alternativas interessantes para o gerenciamento de projetos e até mesmo para o planejamento organizacional. Assim, o agileoffice, ou escritório ágil, passou a ser um modelo visado pelas companhias em busca de adaptação.

As startups, por sua vez, já nasceram alinhadas aos métodos ágeis e, consequentemente, a configurações do ambiente de trabalho que fomentam a rápida troca de ideias, assim como implementações descomplicadas, que miram a melhoria contínua.

Já pensou em ter um escritório ágil? Saiba que o planejamento do espaço influencia no resultado! Portanto, vamos entender a seguir como é possível criar soluções práticas com a ajuda da Arquitetura Corporativa.

Mas, afinal, o que são métodos ágeis?

Já ouviu falar em Scrum e Kanban? Existem vários outros, mas esses são alguns dos exemplos mais comuns de ferramentas que são utilizadas em metodologias ágeis. Nascidas da Indústria da Tecnologia, elas englobam um conjunto de práticas e recursos articulados para entregar com rapidez soluções eficazes. Hoje, são empregadas nos mais diferentes setores.

Em seu processo desponta, normalmente, o trabalho colaborativo, a auto-organização, a comunicação constante e os ciclos interativos. Conforme mencionado, é da natureza desses métodos a busca pelo aperfeiçoamento ao longo do tempo. Mas sempre de forma acelerada. Por isso, a capacidade de adaptação é essencial.

Será que você e sua equipe estão preparados para o agile office? Veja como a configuração do ambiente pode ajudar!

A Arquitetura Corporativa do escritório ágil

Ter um escritório ágil não tem a ver apenas com o resultado de entregas feitas em tempo recorde. Tem mais a ver com uma cultura orientada a processos objetivos, dinâmicos e criativos. Logo, lembre que seu time tem de ser empático à proposta.

Uma vez mergulhado nesse contexto, o projeto arquitetônico deve criar aplicações que forneçam à equipe a liberdade de buscar lugares de acordo com suas necessidades pontuais e onde cada um se sinta mais confortável para produzir. Flexibilidade é crucial nesse caso!

Assim, é importante prever um layout aberto, mas com algumas áreas específicas. Sejam elas para atuar em grupo, para obter maior nível de privacidade ou mesmo para relaxar. É possível ter, por exemplo, uma estação de trabalho central e salas menores para tarefas com direcionamentos individualizados.

Outros locais que podem compor esse cenário são: espaço para reuniões, cabines para conversação, áreas de convivência e ambientes inspiradores.

Para que tudo flua ainda como o esperado, é importante lembrar das instalações e equipamentos utilizados. Eles precisam permitir a fácil movimentação. Ou seja, as tecnologias sem fio precisam ser priorizadas.

Nós da DABUS ARQUITETURA temos profissionais não só em sintonia com as tendências, como também experientes em compreender a realidade de cada negócio para desenhar soluções funcionais, coerentes e viáveis.

Entre em contato conosco e conheça melhor nossos métodos, cases e expertise!

Referências: Zenbooth, Cultura Ágil.