Como gerenciar equipes à distância?


Gerenciar equipes à distância

Seja por conta de uma viagem, do home office ou da própria terceirização do serviço, torna-se necessário desenvolver a capacidade de gerenciar equipes à distância. Você e seu negócio já tiveram essa experiência? É provável que, por conta da pandemia do novo coronavírus, muitos gestores e empresas tenham se deparado com essa necessidade pela primeira vez.

Embora o trabalho remoto, em suas diferentes nuances, seja uma tendência – e, nos casos de surtos, uma obrigatoriedade -, é verdade que o processo de gestão de pessoas envolvido aí exige habilidades diferenciadas. Como a de usar com maestria as ferramentas digitais a fim de viabilizar uma boa comunicação.

Para muitos a tarefa é um verdadeiro desafio. Sobretudo quando não se tem o histórico de algo parecido na empresa. Porém, não é preciso alarde. Vale lembrar que muitas companhias têm excelentes resultados com esse modelo de atuação. O que faz a diferença é o tipo de política adotado.

A seguir vamos relacionar boas práticas para facilitar a sua missão. Acompanhe!

5 dicas para gerenciar equipes à distância

Ter disposição para aprender é essencial. Não é preciso dominar todas as ferramentas. Mas é crucial se manter atento ao comportamento dos colaboradores e buscar maneiras de obter um bom alinhamento.

Veja as dicas!

1. Defina as ferramentas de comunicação

No trabalho presencial os processos de comunicação devem estar muito bem definidos. No remoto, ainda mais. Isso para evitar os muitos ruídos que podem surgir ao longo da semana. Portanto, é imprescindível combinar com todos quais canais serão utilizados e quais as finalidades de cada um.

Por exemplo, o Skype ou o Google Hangouts pode ser direcionado para as reuniões semanais por videoconferência. Já o e-mail pode ser usado para o registro e confirmação de informações, enquanto o WhatsApp fica apenas para recados e dúvidas rápidas.

A distância geográfica não é desculpa para a falta de interação. Apenas oriente bem o seu time sobre como agir.

2. Desenvolva uma boa gestão de tarefas

Lançamento, acompanhamento e análise de tarefas. Essas etapas não devem falhar! Caso contrário, corre-se o risco de o desenvolvimento das atividades se perder por completo. Para ajudar, conte com as ferramentas de gestão de tarefas, como o Runrun.it e o iClips. Automatizar o processo fará toda a diferença!

Ah, e não se esqueça de preparar briefings assertivos para o pessoal. Eles são a base do que deve ser feito.

3. Deixe claro objetivos e metas

Combinar com os profissionais o que deve ser feito é elementar. Mas seus objetivos e metas devem estar claros. Prepare documentos, reuniões e abra um canal para o esclarecimento de dúvidas. Assim, diante do não cumprimento de algo acordado, é possível conversar pontualmente sobre o que é necessário resolver. Também é possível ter informações que indiquem que é melhor dispensar o colaborador. Não há tempo a perder! Portanto, saiba analisar os dados para tomar decisões com agilidade.

4. Desperte confiança 

Para que todos permaneçam motivados, o trabalho de gerenciar equipes à distância deve despertar confiança e credibilidade. Como isso é possível? Com organização, rapidez na resolução de problemas, acompanhamento/presença constante, oferecimento de treinamentos e cumprimento de tudo o que foi combinado (por exemplo). Incluindo, nesse último caso, o pagamento da equipe na data certa.

5. Ofereça as condições de trabalho

Softwares, aplicativos, liberação de acessos, suporte às instalações e assinaturas de programas. Esses são alguns fatores que têm de ser garantidos ao time. Em alguns casos, até mesmo a qualidade da internet deve ficar a cargo da empresa. Contudo, esclareça os pontos pertinentes para, depois, não ser cobrado acerca de algo que não ficou sobre a sua responsabilidade.

Como você pôde perceber, a tecnologia é um elemento de suma importância para gerenciar equipes à distância. Portanto, tenha ciência de que alguns investimentos podem ser necessários. Não é só porque o trabalho é remoto que não haverá custos.

Com clareza, comprometimento e processos delineados é possível expandir e obter retornos realmente animadores.

Fique ligado aqui no blog para acompanhar mais dicas!