3 dicas para o atendimento ao cliente pós-pandemia


Atendimento ao cliente pós-pandemia

O surto de coronavírus e as medidas de prevenção a ele mexeram com os hábitos de todos ao redor do mundo. Nesse processo, o uso da tecnologia desempenhou um papel de destaque. Um novo estilo de vida foi criado. Ou, como defendem alguns, antecipado. Frente a ele, as empresas devem continuar buscando melhorias para surpreender no atendimento ao cliente pós-pandemia.

Além das implementações em processos, produtos e equipes, será necessário estabelecer políticas que firmem práticas ainda mais coerentes aos valores e propósito da marca. Mas não é só isso. O comprometimento com a sociedade em geral também será decisivo. Esse compromisso será crucial para proporcionar experiências realmente satisfatórias.

Boa parte disso se deve ao fato de, ao longo do isolamento social, o consumidor ter mantido uma relação estreita com os meios de comunicação. Assim, ele passou a desenvolver um comportamento ainda mais vigilante, crítico e reivindicatório. Tanto que a chamada cultura do “cancelamento” passou a assustar muitas figuras públicas e marcas.

Mas, no post de hoje, veremos quais são os cuidados que não poderão faltar para cativar o cliente ao atendê-lo. Fique atento!

CX no atendimento ao cliente pós-pandemia

Falar sobre a experiência do cliente não traz, em si, nenhuma novidade. Por outro lado, encarar o conceito de CX (customer experience) como um departamento dedicado ainda não passa pela cabeça de muitos diretores e gestores. Porém, mais do que nunca, esse é um assunto a ser discutido como prioridade. Afinal, equipes precisam ser treinadas, equipamentos precisam ser adquiridos e – o que leva mais tempo – a cultura de atendimento precisa ser mudada.

É necessário caminhar para um modelo em que cada etapa da compra conte com um suporte capaz de surpreender o consumidor. Tanto do ponto de vista técnico, quanto da perspectiva do relacionamento interpessoal. Mesmo por meio das plataformas digitais: como é possível humanizar o processo?

Acompanhe as dicas para o atendimento ao cliente pós-pandemia!

1. Autoatendimento

Será fundamental que a empresa seja ágil em responder em todos os pontos de contato na internet. No site, nas redes sociais, no Google, seja onde for! Mas, não se preocupe, os chatbots podem ajudar ao oferecer um fluxo de atendimento automatizado pelo qual o próprio usuário consegue acessar opções que solucionam sua necessidade. Hoje, há diversas ferramentas para esse tipo de serviço. Inclusive que oferecem recursos que simulam um atendimento humano.

2. Celular como ferramenta de trabalho

Profissionalizar o uso do celular fará toda a diferença. O atendimento ao cliente pós-pandemia exigirá suporte remoto, transmissões de videochamadas e resoluções de problemas complexos. Portanto, será indispensável que a equipe conte com aparelhos apropriados. Garantir uma boa conexão com a internet e ambientes preparados para demonstrações também são fatores importantes.

3. Entregas personalizadas 

A experiência do isolamento social acostumou o consumidor com uma atenção especial em domicílio. Por isso, a capacidade das entregas não deverão ser reduzidas, assim como o envio de mimos e mensagens carinhosas. A pandemia mostrou como muitas soluções são possíveis. O consumidor não pretende abrir mão de tudo aquilo que facilitou a sua vida. Então, as empresas que continuarem a proporcionar esses benefícios tendem a conquistar e fidelizar corações.

Seu negócio já se preparou para o novo normal? Lembre-se que não teremos mais o mesmo cenário de antes. Considere as transformações ocorridas e foque na experiência de seus clientes.

Aproveite e leia também o artigo sobre como posicionar a sua marca.